Gostaria de entrar e tomar uma xícara de café?

Taí um assunto bem interessante que ainda não comentamos por aqui:

Vou pra Europa, comofas pra entrar?

Qual a cor do seu?

Pra você que acha que é só chegar chegando e ir escancarando a porta do aeroporto pra sentir no rosto a brisa gelada do velho continente, esquece. Alguns países exigem um batalhão de documentos que comprovem que:  Não, você não é um terrorista e nem tem más intenções para com o país;  não, você não pretende morar lá;  sim, você tem dinheiro suficiente para se manter durante os dias de sua estadia; sua passagem de volta para o Brasil (ou onde for) já em mãos; e talvez o mais chato de todos: comprovação de hospedagem já paga.

Mas, como diria Jack, O Estripador: Vamos por partes!

Requisitos para entrar na Espanha

Alguns vários casos estiveram acontecendo em Barcelona de brasileiros deportados do território espanhol. Mas não há motivo para pânico, isso só aconteceu pois os viajantes não tinham esses documentos em mãos, ou não apresentaram o mínimo de dinheiro necessário para se entrar no páis. Então vou listar abaixo o que o consulado da Espanha dita como requisitos para abrir as portas da esperança!

  1. Passaporte ou outro documento de viagem com foto;
  2. Visto, quando obrigatório. Pra quem vai à passeio e ficará até 3 meses, não precisa de visto. (o Schengen permite a circulação pela maioria dos países da Europa, mas não por países que não integram esse espaço (como o Reino Unido e a Irlanda) );
  3. Comprovação de meios econômicos e objetivos de estada. Aqui cabe extrato de cartão de crédito e tudo o que puder comprovar que você tem 60 euros por cada dia de permanência na Espanha e, para todos os casos, um mínimo de 540 euros por pessoa;
  4. Documento comprobatório de hospedagem ou carta-convite de algum amigo/familiar;
  5. Passagem de retorno ao seu país de origem;
  6. Documento comprobatório do seguro de viagem de 30.000 euros (Schengen);

Fonte: (Portal Consular)

Para os demais países você pode encontrar informações de requisitos aqui: http://migre.me/1ht5v

A grande questão é manter a calma, não fazer piadinhas, nem querer mostrar documentos que não te forem pedidos, e falar o mínimo de inglês (apesar de ter sempre um intérprete).  Se você estiver com tudo ok, vai com fé que vai dar tudo certo!!

:)

Anúncios

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Daniel (Larusso)
    set 14, 2010 @ 01:04:46

    Não seria muito incômodo?

    Responder

  2. Beta
    set 14, 2010 @ 07:52:39

    Agora que eu entendi a piadinha do Larusso aueaueh

    O link das informações não tá funcionando…

    E acho que vai ser tranquilo, pelo menos na Itália não teve problema nenhum, apesar de eu não ter levado nem metade desses documentos auehauehauheaue, e em Londres foi tranquilo também, mas não tinha nenhum interprete.

    Responder

  3. Eve
    set 14, 2010 @ 10:08:55

    Ohhh, mas é claro que não! Queira entrar… :)

    Responder

  4. Cabellone
    set 21, 2010 @ 13:03:53

    Eu não tive nenhum problema em nehum dos países nos quais fui…E já fui em vários, quase todos da Europa Ocidental (exceto Noruega e Finlândia e os micro-países) …

    Não levei nada de comprovante de renda, não mostrei extrato bancário ou de cartão de crédito, não mostrei dinheiro, não fui simpático, não me fizeram perguntas, não levei esse certificado de plano de saúde com nome esquisito…

    Ahhh, claro, tenho o passaporte italiano !!!

    PAA.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s